sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Primeiro dia de Aula de 2012


Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. 
1 Pedro 5:7
Ontem foi o primeiro dia de aula do meu garotão. Eu passei a manhã inteira preocupada. Eram tantas perguntas na minha cabeça, tantas preocupações...
- Como será que o meu filho vai reagir?
- Como será a professora?
- Será que a turminha dele será a mesma do ano passado?
- Como irão tratar o meu filho, já que a dificuldade dele já é de conhecimento geral na escola?
- Será que os outros pais ficarão sabendo? Como reagirão?
- E, a mais importante: como meu filho irá se comportar durante essa tarde?

Eu estava muito ansiosa! Ia pirar de loucura, sabe? Fui levá-lo então carregando ele no colo e uma montanha de preocupação na cabeça. Eu queria conversar com a professora e quando cheguei... ela estava de licença médica... ou seja, primeira preocupação à toa. Deixei o garotão com a apoio que era extremamente simpática e solícita. E, pra facilitar, o garotão ficou super bem com ela! Só chorou quando me viu saindo! Foi muito legal.
E, assim, saí com o meu garotão chorando, mas super tranqüilo. Quando fui buscá-lo, cinco horas da tarde, ele estava sentadinho, de mochilinha nas costas, me esperando. Ah, a mochilinha nas costas é uma grande vitória... ano passado ele não colocava a mochila de jeito nenhum!!!

Bom, passei a tarde toda preocupada e, pra nada...
Só uma coisa que quero conversar com a professora dele segunda-feira: preciso ter um relato diário do meu garotão pra poder conversar com ele na volta. Como ele não fala (não conversa) preciso saber o que aconteceu pra ajudá-lo a associar, saída da escola, contar o que aconteceu, e claro, estimular o diálogo.

E, assim, foi o primeiro dia.
Também estou ansiosa pelo primeiro dia de aula no contra-turno da Educação Especial. É uma experiência totalmente nova, né? Como será o esquema, como é a professora... enfim... mais uma novidade!