quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Frutos...


Jesus, porém, vendo isto, indignou-se, e disse-lhes: Deixai vir os meninos a mim, e não os impeçais; porque dos tais é o reino de Deus. 
Marcos 10:14
No ‘post’ passado (leia aqui), eu contei que o meu filho fez um novo amigo, que ele ganhou um novo amigo.
E, contei também que meu filho não deu muita atenção a esse amiguinho, né?
Eu tinha que voltar só pra contar no que deu aquele festival de quedas do amiguinho...
No dia seguinte, aconteceu algo que nos emocionou a todos: meu filho desceu para a quadra e o amiguinho estava lá embaixo com a mamãe dele. Nós íamos sair, mas o meu filho passou, pegou a bola e entregou a bola pro amiguinho!
Atitudes assim não precisam de palavras. O meu filho não fala exatamente, ele apenas repete o que falamos com ele. Mas, esse pequeno gesto, de entregar a bola pro amiguinho, não precisa de tradução.
Ambos entenderam.
Todos nós entendemos.
E aí? Precisa de palavras?