terça-feira, 15 de maio de 2012

O primeiro beijo do papai...



Vinde, e vede as obras de Deus: é tremendo nos seus feitos para com os filhos dos homens. 
Salmos 66:5

Esses dias eu estava pensando em passar por aqui. Não tinha nenhuma novidade grandiosa, só lutas, lutas e lutas... Mas, geralmente quando estou em meio à muitas lutas fico sem inspiração para escrever.

Ontem e hoje pela manhã estava me sentindo meio incompetente como mãe. Afinal, em meio a tanta correria, não conseguia dar atenção suficiente ao meu filho. Fui chamada para conversar na escolinha dele porque ele estava dormindo todas as aulas. Consegui me sentir péssima por não estar conseguindo rotina para que ele dormisse cedo e, quando precisasse acordar cedo, não sentisse sono. Mas, o que mais me impressionava não era o sono dele à tarde, mas o fato dele ficar com sono na sala... saí muito chateada da conversa com a pedagoga.

Além disso, meu filho parou as mordidas e começou com os tapas. Pois é, meu filho estava me batendo tanto de raiva como sem motivos nenhum. Coloquei-o de castigo e nada de diminuir os tapas... Assim, eu estava me sentindo péssima.
E, para completar, tive que pedir ao pai dele para que os dois saíssem pra que eu conseguisse terminar as minhas tarefas. Isso doeu o meu coração... puxa, não estar dando conta de fazer duas coisas ao mesmo tempo! Foi difícil.

Mas, quando os dois chegaram da rua, eu abracei o meu filho e aí, veio a surpresa, ganhei um beijão. Com ummmmsmack!! Foi perfeito! Aí, eu comecei a pedir beijo e ele me respondia me beijando. Depois eu falei: dá beijo papai, ele chegou de mansinho e deu ummmmsmack no papai... fiquei emocionada. Beijamos tanto esse garotão, tanto, tanto... não dá nem pra descrever.

Receber um beijo de um filho é algo indescritível. Eu queria muito ganhar um beijo no dia das mães. Não ganhei esse beijo no dia das mães, mas três dias depois vi o meu marido ganhando esse beijo tão esperado. Foi muito emocionante esse momento.
Quando meu filho chegou da escola hoje também ganhei outro beijo. Aliás um monte... foi incrível...
Não sei se esses beijos agora serão regra ou serão surpresas e pérolas como dizer ‘mamãe’, não importa... só quero que cada beijo continue sendo tão especial.