sexta-feira, 16 de maio de 2014

O Primeiro Mês de Aula da Princesa – 2014



Tudo fez formoso em seu tempo;
Eclesiastes 3:11

Eu nem estou acreditando: A Princesa começou na escolinha!!!
Três dias depois da Princesa completar um aninho, o telefone lá de casa tocou: era do CMEI onde o Garotão estuda e onde inscrevi a Princesa à espera de vaga. A vaga dela tinha saído. Nós levamos um susto.
Quando a gente fez a inscrição dela, deixamos pra fazer mais tarde justamente para demorar a chamar. Eram 20 vagas e ela era a número 48. Ou seja, muita gente teria que desistir para que ela conseguisse a vaga. A ideia é que ela só entrasse lá para o final do ano ou, talvez no ano de 2015 (quando teríamos mais vagas). Mas surpreendentemente, o telefone tocou, um mês depois do início das aulas e nos deixou com uma baita dúvida: matricular ou não?
Meu coração estava totalmente dividido. Ela é tão novinha!!! Deveríamos ou não matriculá-la?
Meu esposo e eu pesamos os fatos: quando o ano começou, nós não colocaríamos porque ela ainda não andava e por ser menor de um ano. E, surpreendentemente, quando ela foi chamada, esses dois fatos já não eram mais problemas (afinal, andou com 10 meses e já tinha acabado de completar o seu primeiro aninho). E, tinha outro detalhe: a luta por vagas no CMEI onde meu filho estuda (que é o mais próximo de nós) é muito grande. É muito, mas muito difícil conseguir vagas. Sabíamos que, se deixássemos passar essa vaga, ela cairia para o número 68, o que significaria que ela estaria fora no ano seguinte. Ou seja, ou entra agora, ou perde a vaga.
Então, decidimos matricular. Ela passaria a primeira semana saindo duas horas mais cedo para adaptação e depois, sairia junto com os coleguinhas.
Primeiro dia de aula: uma festa! Ela estava linda e animada. Entrou na sala com uma alegria impressionante... deu tchauzinho e tudo... nem acreditei. Mas, segundo, terceiro dia... ah, esses  não foram os melhores... O choro veio com tudo e muito forte... meu coração ficou dilacerado (é, igual quando Garotão entrou na escolinha pela primeira vez)...
Aí, em menos de uma semana: a Princesa ficou dodói... nariz, garganta, febre... Puxa vida... coisas de escola, né? Aí, 5 dias sem ir pra escolinha... Voltou quase uma semana depois, nova readaptação... Choro... muito choro... Sem peito, sem comer... nem levando frutinhas e sucos de casa, nada de comer...
Mas, com quase três semanas de aula, as surpresas começaram: ir pro colo da tia sem chorar. Apontar os trabalhinhos dela no mural, dançar as musiquinhas da escola em casa... mais gostosa do mundo! Passou a comer direitinho... coisa mais fofa...
E, mais uns dias de aula, mais surpresas: entrar andando na salinha, fazer amiguinhos, levar a mochila sozinha...

Sim, a Princesa se adaptou rapidinho na escolinha... Super-surpresa pra mamãe e papai!