sábado, 17 de maio de 2014

Dia das Mães Mega Especial


Alegrem-se teu pai e tua mãe, e regozije-se a que te gerou.
Provérbios 23:25


O dia das mães é uma data que mexe muito com o nosso coração, né? E eu sempre fico na expectativa. Esse ano teríamos a surpresa: a festinha da escola com a participação da Princesa...
Então, nossos dias das mães começou na sexta feira (09.05.14), na festinha da escola pela manhã. Aliás, começou antes, com o Garotão me expulsando de perto dele toda hora que ele começava a cantar a musiquinha da escola... hehehehe...
Mas, voltando à escola, eles fizeram um momento especial: todas as crianças se juntaram pra cantar a musiquinha do dia das mães... Fiquei encantada com a participação da minha duplinha.
O Garotão participou ativamente: fez todos os gestos, abaixou/levantou na hora certa, só não vi se ele cantou, pois ele estava bem longe... Mas pra mim, foi tudo ótimo!
A Princesa foi uma delícia: não cantou, mas ficou de olho na professora de artes, não chorou (isso é incrível!), e entrou e saiu toda linda e aprumada... Hehehehe...
Depois fui na salinha pra receber a homenagem de cada um deles... Marca de mãozinhas e a supresa do Garotão: “Te Amo” com a letra dele!!! Essa foi a sexta-feira.
Sábado, meu marido não podia deixar passar em branco. Nove horas da manhã, eu recebo um lindo bouquet de flores... que coisa mais linda! Eu até perguntei se ele queria mesmo mandar no sábado, porque sempre que meu marido manda flores, não dá sorte com floricultura: ou elas não chegam, ou chegam na hora errada... tadinho!
E, no domingo? Recebi uma lista de pistas pra achar o meu presente. Dessa vez eu quis a participação das crianças... Então, perguntei pra duplinha: Onde está o presente da mamãe?
A Princesa levanta a mãozinha e responde: “Eu!!” Pronto! Pra arrebentar o coração! Então, perguntei pro Garotão: “onde está o presente da mamãe?” Ele responde: “É o Garotão!” Quem precisa de presente mais lindo que esse? (Ah, só pra constar, eu achei o presente depois... gostei muito... hehehehe)
Ah, e o dia das mães acabou  no domingo? Claro que não!
Na quarta-feira, veio a maior surpresa. Ao sair da salinha na escola, o Garotão me puxou, me fez abaixar, olhou dentro dos meus olhos (milagre dos milagres!!) e cantou: “Mamãe me plantou, mamãe me regou, me fez crescer!
“Mamãe é uma flor, mamãe é um amor, é o meu viver
Quem sabe um dia o mundo tivesse uma mãe assim
Pra poder cuidar de todas as crianças como cuida de mim!”

Não tive opção a não ser chorar e guardar esse momento dentro do meu coração... Senti que ele sabia exatamente o que estava falando

E, aí, eu digo: ser mamãe especial é ter um dia das mães multiplicado por quatro... pelo prazer de ser mãe, pela surpresa de ver a participação deles na escolinha, pelas respostas espontâneas e pela surpresa, fora do dia, em um momento fora do esperado uma linda declaração de amor...