terça-feira, 4 de março de 2014

O Garotão é um Irmãozão!


"e para a hora da angústia nasce o irmão."
Provérbios 17:17


Durante esses dias que a Princesa (11 meses)  esteve doente (contei aqui), estivemos muito preocupados com o Garotão (4 anos 9 meses). Nossa atenção esteve totalmente voltada para a Princesa e não sabíamos com o Garotão estaria encarando esse ‘abandono’.
Claro, ele sentiu bastante. Mas, mesmo em meio a tantas dificuldades, ele se mostrou ajudador, solícito e, principalmente, cuidadoso com a mamãe e com a irmã.
Sempre que a irmã vomitava, ele mesmo, sem que eu pedisse, corria e pegava um pano de chão ou uma fraldinha para limpar. E, chegava perto, e tentava enxugar. Quando eu sentava para amamentar (a Princesa passou o período todo quase que em amamentação exclusiva), ele corria na geladeira e pegava água para mim.
E, quando precisava ficar na casa dos avós para levarmos a Princesa ao médico, ele simplesmente ia. Na primeira noite que o deixamos com os avós, foi só falarmos que ele iria dormir com a vovó, ele correu, tomou banho sozinho, foi na gaveta, pegou a roupinha e ainda ajudou a juntar o que ele deveria levar para dormir lá.
Apesar de todas as manifestações de ciúmes, não posso deixar de destacar como ele é um irmãozão, do quanto ele cuidou de mim e da irmã para que ela retornasse firme e forte...

A impressão que tenho é que, a cada luta, a cada problema que passamos é um degrau para que o Garotão cresça, para que ele também vença as suas barreiras e evolua ainda mais.