terça-feira, 18 de março de 2014

Garotão Entra em Campo com Cristo pelas Nações

Todas as nações virão à tua presença e te adorarão
Apocalipse 15:4


Domingo (16.03.14) foi um dia muito especial. Garotão (4 anos 9meses) fez participação especial na Campanha de Missões Mundiais. No domingo anterior, a Ministra de Educação Cristã Infantil já tinha nos anunciado que ele iria participar: iria na frente do templo, junto com os coleguinhas para orar, vestido com uma roupinha característica do Japão. Depois, ele  iria em cada sala do culto infantil (berçário e primários) para fazer o momento especial de oração também. Sabíamos que o maior desafio na verdade, era colocar a faixinha na cabeça dele.
Então, o domingo à noite chegou. Desde a hora do banho, enquanto colocávamos a roupinha do Garotão pendurada no cabide ele começou a manifestar a sua ansiedade. Pulos e estereotipias à toda, risos descontrolados... dava pra perceber o nervosismo e ansiedade dele. Nós também estávamos bem ansiosos.
Quando ele ficou prontinho, banho tomado e roupinha mudada (mas mamãe, papai e irmãzinha ainda nada prontos), ele já foi apagando as luzes, desligando a TV e pegando a chave para sair. Tivemos que dar uma ajuda para que ele entendesse que ainda faltava tempo pra sair. Quando estávamos todos prontos, fomos pro carro e ele continuava numa agitação linda de se ver.
Ao chegar na igreja, fomos para a salinha para mudar a roupinha nele. Primeiro desafio: convencê-lo a trocar de roupa. Inicialmente ele se recusou a trocar. Então, tiramos a camisetinha (que colocaríamos por baixo, pro tecido não incomodar) e ele aceitou a roupinha na boa.
Depois, o segundo e grande desafio: colocar a faixinha. Essa foi difícil. Coloca, tira, coloca, tira...  até que falamos fizemos o roteiro de quanto tempo ele teria que ficar com a faixinha: “Garotão, a gente vai subir pro templo, você vai ficar com a tia, depois vai orar lá na frente, depois vai orar na salinha dos grandes e no berçário aí depois você tira.” E não é que o Garotão aceitou a faixinha?
Depois, o terceiro desafio: ele subiu com a tia para o templo, ficou com ela até a hora da oração com as crianças para descer para o culto infantil. Só que ele me viu e quis ficar comigo! Falei para ele ir ficar com a Tia... e aí, ele ficou à vontade... começou a fazer o gestinho de oração: juntou as mãozinhas na frente do rosto e começou a pular (sim, ele não consegue orar quietinho) e depois desceu pra salinha. No berçário, tirou mil fotos com os coleguinhas. Depois ele foi pra sala dos maiores e a grande surpresa: ele orou lá na frente! Claro, mamãe falou e ele repetiu! Não em voz tão alta, mas orou, na frente de todos os coleguinhas... Quase chorei...
Depois de toda essa participação especial, Garotão foi e trocou a roupinha de japonês pela roupinha dele normal...
Estamos super orgulhosos dele, afinal, ele já está em Campo, com Cristo, pelas nações!!!
Parabéns, Garotão!!!!