segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Quem disse que Criança atrapalha culto?


“E disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?”
Mateus 21:16


Domingo (27.12.15) fomos assistir a Cantata de Natal ("É Natal pra Sempre") na igreja dos meus pais. Claro, as crianças ficaram comigo no templo assistindo. Assistindo do jeito deles. A Princesa resolveu empilhar os livrinhos, que caiam o tempo inteiro em cima das pessoas que estavam perto de nós. O Garotão não parava quieto. A pessoa do nosso lado deve ter levado uns dez chutes, porque toda hora que ele deitava no meu colo, ele acertava a pessoa ao nosso lado. E, sempre que ele reconhecia uma música, ele pulava e se agitava e ria empolgadíssimo.
Eu passei o tempo inteiro preocupada com a “bagunça” dos meus filhos. Algumas pessoas poderiam ter ficado muito incomodadas com a agitação da duplinha. Inclusive, algumas vezes já escutei que criança não pode ficar no culto porque quando estão fazendo bagunça, podem atrapalhar o visitante ouvir a Palavra de Deus.
Então, aconteceu o milagre. Mesmo em meio a toda bagunça, na hora do apelo, a pessoa que estava ao nosso lado, que levou dezenas de chutes, levantou a mão e se decidiu por Jesus Cristo. Eu chorei. Sinceramente. Como ela poderia ter escutado alguma coisa com duas crianças tão agitadas perto dela?
Deus não se limita a isso para falar conosco. Ele fala conosco no silêncio, assim como fala conosco quando as crianças estão bem agitadas. Deus simplesmente fala.
Aproveito pra deixar três recadinhos:
1.     Pra você, mamãe, que às vezes deixa de ir ao culto com seu pequeno seja ele típico ou autista com medo de atrapalhar o culto: se você quer ir, não deixe de participar com medo de atrapalhar o culto. Não, seu filho não vai atrapalhar o agir de Deus. Ele é criança, e pode ser canal de benção na sua vida e na vida daqueles que estiverem ao seu redor. Se alguém olhar de cara feia pra você, lembre-se de que Jesus pegou e abraçou as criancinhas quando os adultos tentaram afastá-las dEle.
2.    Pra você que se incomoda com criança sendo criança no culto: Crianças são crianças. Típicas ou autistas, cada uma tem sua peculiaridade e sua forma de adorar. Crianças cultuam cantando, dançando, rindo... Livres de toda liturgia, com o coração mais livre possível.  Uma criança é a forma mais tenra de expressão de amor. Ame. Se você se sente incomodado, ore por si mesmo e se pergunte: porque o comportamento dessa criança me incomoda? Será que a liberdade de adoração dela desperta em mim algo que preciso aprender?

3.    Ministério Infantil não é pra colocar a criança num cantinho pra não atrapalhar o culto. Não. Ministério Infantil é uma oportunidade para a criança conhecer e adorar a Deus na linguagem dela. Que tal dedicar um domingo por mês para mergulhar nesse mundo incrível de adoração pura e sincera?