quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Um muito obrigado ao amiguinho



E a nossa esperança acerca de vós é firme, sabendo que, como sois participantes das aflições, assim o sereis também da consolação. 
2 Coríntios 1:7

Essa semana fomos curtir as férias no Parque da Cidade. O parque é uma área grande, perto de nossa casa que as pessoas usam pra caminhar, as crianças andam de bicicleta, tem quadras, aulas de ginástica... uma delícia!!!

Nós levamos a bicicleta pro Garotão (3 anos 7 meses) andar, mas ele curte mesmo é o parquinho. Balanço, gangorra, escorregador e um brinquedo que eu queria saber o nome... mas onde ele escala, passa por túneis, escorrega, enfim... ele ama esse brinquedo. Mas, nesse parque, ele encarou esse brinquedo pela primeira vez.

Enquanto ele tomava coragem para subir, um garoto se aproximou para tentar subir também. O Garotão estava no meio do caminho. Sentada no banquinho (agora, é o papai que acompanha o Garotão, já que a barriga de 32 semanas pesa um pouco pra andar na areia), fiquei observando qual seria a reação tanto do coleguinha como do Garotão. Será que o coleguinha iria empurrar o Garotão?Será que ele iria pedir pro Garotão sair?

Para minha surpresa, o amiguinho ofereceu o braço e ajudou o Garotão a subir. E, o encaminhou por todo o brinquedo, principalmente protegendo onde se manifestava sendo perigoso... E, fez isso por duas vezes.

Fiquei encantada, sentada lá no banquinho, toda orgulhosa desse amiguinho.
Eu nunca vi esse pequeno, não sei se o verei de novo. Mas, eu queria deixar aqui o muito obrigado. Amiguinho, obrigado por perceber que as diferenças são apenas mais uma oportunidade para estabelecer novas amizades, para ajudar. Muito obrigado por fazer o dia do meu Garotão super gostoso, ajudando a vencer o medo e as dificuldades e, principalmente, ajudando-o a curtir um brinquedo que ele gosta tanto.
Mais uma vez, muito obrigado!!!