sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Ciúmes de irmão



SENHOR, tu me sondaste, e me conheces.
Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. 
Salmos 139:1-2
Segunda-feira o Garotão (3 anos 7 meses) deu uma crise de ciúmes da irmã. Eu amei ver essa crise. Pois é, muitas vezes parece que não percebemos o quanto a neném (32 semanas) está interferindo na vida dele, e é bom vê-lo manifestando o que ele está sentindo.
Segunda, fomos deixá-lo na casa dos meus pais para sairmos apenas eu e marido (uma raridade... aproveitar um momento a dois). Quando chegamos, minha mãe veio mostrar as roupinhas que ela tinha lavado (grande ajuda da minha mãe!) e eu levei as roupinhas novas que o meu marido tinha comprado.

O Garotão chegou na casa dos meus pais, foi sentar para montar as letrinhas (minha mãe tem um pacote de letrinhas de EVA, o Garotão adora montar palavras), mas estávamos todos em torno das roupinhas da Princesa... Ah, o Garotão se sentiu sozinho, resolveu jogar as letrinhas todas longe, pediu chocolate, não queria mais... ficou super estressado, a ponto de não saber o que queria.

Ficou claro que ele estava com ciúmes... Depois de uns 10 minutos, conseguimos que ele jantasse, comesse o chocolate dele, e se acalmasse com os avós para que saíssemos.
Pode parecer estranho, mas foi bom pra mim perceber o que ele sentiu. Muitas vezes, por ele não conseguir expressar o que sente, não sabemos o que se passa na cabecinha dele, ou o que ele realmente está entendendo da chegada da Princesa. Mas, agora sabemos onde trabalhar, como trabalhar e como o Garotão vai responder!