terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Desfralde de uma criança autista: Quando as coisas pioram...



Mas tu, SENHOR, não te alongues de mim. Força minha, apressa-te em socorrer-me. 
Salmos 22:19

Eu achei que o desfralde estava indo meio lento, mas que poderia evoluir tranquilamente aos poucos, principalmente no período que o meu marido estivesse em casa...
Pois é, me iludi. Durante o período de desembarque do meu esposo, a nossa expectativa é que se nós dois nos concentrássemos no desfralde, até o final do desembarque, pelo menos o xixi estaria controlado...

Porém, além de não conseguirmos nenhum avanço em nenhuma área, ainda ganhamos um desafio a mais: o contato com o cocô.

Acredito que a falta de evolução em relação ao desfralde se deu porque estávamos tão concentrados em resolver logo as coisas da Princesa (35 semanas) que saímos muito de casa. E, ainda não nos sentimos seguros em sair sem fraldas. Então, se ficamos tanto tempo fora, tudo que foi construído nas duas primeiras semanas do ano, foram por água abaixo...
E, com o uso mais intensivo da cuequinha, o Garotão (3 anos 8 meses) começou a ter maior contato com aquilo que produz. Então, é só fazer cocô que ele começa a colocar a mão. Se colocasse a mão e depois deixasse lavar, tudo bem... O problema é que ele coloca a mão e passa no banheiro todo, em mim... uma sujeira só. Além disso, olha que contradição: lindamente, ele quer sentar sozinho no vaso sanitário... mas... com o bumbum sujo, a situação fica ainda mais caótica no banheiro.

Depois de tirar o excesso no vaso sanitário com a ducha higiênica, ainda tenho que dar banho, pois afinal, o Garotão está todo sujo! E banho não é exatamente o que ele mais gosta de fazer, então, a cena está armada: mamãe barriguda abaixada no banheiro, Garotão querendo fugir do banho, vaso sanitário, paredes, azulejos, chão, tudo sujo!
Pois é, as coisas sempre podem piorar, né?

Numa dessas ocasiões (já com o papai trabalhando de novo), o caos foi enorme: o Garotão fez cocô não quis tirar. Tive que levá-lo à força para o banheiro: isso fez com que ele aumentasse as birras, se jogasse no chão mais vezes, batesse a cabeça no chão... e depois, quando consegui tirar a fralda (é, geralmente ele só faz cocô depois que eu coloco a fraldinha pra dormir), ele colocou a mão e passou no banheiro todo, em mim... aliás, não consigo entender como em tão pouco tempo ele conseguiu fazer tanta sujeira!

Então, sem muita paciência, acabei pegando a duchinha e jogando água fria nele, pois estava difícil demais conseguir limpá-lo... mesmo ele detestando água fria. Acho que foi o momento mais difícil pra mim em relação ao meu filho... O Garotão chorou, mas saiu limpo do banheiro (e o banheiro um caos)... e eu, arrasada... passei o dia seguinte inteiro (não estou exagerando) chorando...

Fico pensando... Quanto tempo levará para que o desfralde aconteça mesmo?

14 comentários:

  1. Poxa, que difícil!
    Minha filha tem 2 anos e meio, até ia desfraldar pois ela demonstrava estar pronta, mas como viajamos muito eu não comecei.
    Já li diversas vezes que se tem alguma mudança grande próxima, é melhor adiar o desfralde. Desculpe dar pitaco, mas você está no final da gravidez, logo terá um bebê para alterar toda a rotina... Não é possível esperar mais uns meses?

    Desejo que tudo dê certo! Vou acompanhar seu blog!

    Beijo,

    Rapha

    Ciranda Materna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raphaela,
      Eu sei que o momento não é ideal por causa da chegada da neném... mas é que o verão é o melhor momento pra deixá-lo sem fraldinha... O ruim é no inverno... Mas, pela temperatura, é a melhor fase pra deixar de cuequinha (e as fraldinhas estão deixando ele com a pele tão irritadinha!)... E, no caso, esperar mais uns meses seria o final desse ano, de novo... E, já é o terceiro verão de tentativa... tenso, tenso, tenso...
      Obrigada pelo carinho e pela força... Não vamos desistir, né? Já avisei à professora que ele vai de cuequinha... dividindo a tensão... hehehehe
      Mais uma vez, obrigada!!!!

      Excluir
  2. Aqui em casa ainda não começou, então nem sei o que dizer, mas deve ser difícil e a paciência deve ser muito grande, eu imagino.
    beijo e sucesso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiane;
      sei que existem alguns pontos que a gente deve observar antes de começar o desfralde, mas quando a criança já vai fazer 4 anos, é complicado esperar esse momento... Se pelo menos ele aceitasse as fraldinhas do tipo 'up & go', iria ser muito mais fácil, pelo menos para trocá-lo em lugares públicos...
      Mas, vamos que vamos, né? Paciência? É, parece que aqui anda meio escassa...
      Obrigada pelo carinho e pela visita!
      Um beijo!!!!

      Excluir
  3. Amiga, vou te contar, o desfralde e' complicado mesmo, pra algumas crianças mais ainda. Entendo que o garotão tá numa idade cronológica de desfralde e com ele já fazendo xixi e coco com mais independência seria muito bom, já que tem um bebê no forninho. Só não fica encucada com esse negócio de idade, de temperatura (talvez eu esteja falando bobeira, por morar numa cidade sempre quente), mas apressa lo não seria a solução.
    Falo isso pq o filhote já completou 4 anos e não consegui o desfralde. Já tentei, comprei livros, mostrei vídeos, contei histórias, já prometi passeios, presentes e nada resolveu. Minha pressa, meu desespero estragaram tudo. E eu sei o que chorar se sentindo impotente, se sentindo fracassada.
    O xixi ele faz numa boa, sozinho, no banheiro, até lava as mãos. Mas ele prende o cocô com todas as forças, qndo faz, faz várias vezes por dia, pequenas bolinhas que ele não conseguiu segurar. Então em vez de limpar o bumbum dele uma ou duas vezes por dia, tenho que fazer isso umas 10!

    Então vai com calma. Deixa o tempo dele, espera vc tá em condições psicológicas, pq desfralde e' trabalhoso e requer muita calma. Espera o papai tá em condições de ajudar de também. E tudo vai da certo!

    Ele vão conseguir amiga, oremos!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivna, tem hora que a minha vontade é largar tudo de lado mesmo... mas, ao mesmo tempo, eu penso que parar agora pode causar uma regressão, sabe? Quando a neném nascer, o pai vai passar quase dois meses com a gente... aí, acho que ajudaria bastante...
      E, tem a escola, que já consegui a parceria com a professora... Uma bênção.
      Mas, vamos que vamos...
      Boa sorte aí tb... desfralde é uma luta mesmo!!!
      Obrigada pelo carinho!
      Um beijo!!!!

      Excluir
  4. Juliane, essa fase de desfralde não é fácil mesmo... a gente precisa de muita paciência porque para eles também não é fácil, é uma situação nova.
    Mas com fé em Deus, logo desfralde vai ser história do passado por aí.
    beijos, Lauri
    pitacosdamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Lauri!!!
      Primeiramente, obrigada pela vista e pelo carinho...
      E, obrigada pela força...
      Acho que se eu pensar pelo ponto de vista dele, acho que vai facilitar, né? Vou tentar observar esse ponto de vista... Um beijo! Obrigada!!!

      Excluir
  5. Aqui ainda começamos mas eu acho que você deve ir com calma. Mas eu imagino a situação ainda você com o barrigão. Paciência aí viu? Vai dar tudo certo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Andreia... vamos tentando...
      Hoje minha mãe esteve aqui comigo... ela acabou assumindo o papel hoje.. me deu um alívio...
      Obrigada pelo carinho!!!
      Um beijo!!!!

      Excluir
  6. Deve ser muito dificil né Ju.. Ainda mais no finzinho da Gravidez.. Mas também acho que vc deve ter calma e relaxar mais nesse fim de gestação... É ruim é, mas pra tudo ha o seu tempo, e talvez esse ainda nao seja o tempo do garotão largar as fraldas!
    Ah, e tem selinho pra vc la no bog

    http://diiariodeumagravidez.blogspot.com.br/2013/02/selinho-do-diario.html

    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Amanda...
      é tenso, mesmo!!!
      Mas a gente vai lutando, né?
      Sei que talvez não seja o momento dele largar, mas será que devo parar de tentar?
      Não sei... mas acho que vamos ter o apoio da escola esse ano, acho que ajuda....
      Espero, né?
      Obrigada pelo selinho... fiquei tão feliz, tão emocionada... Obrigada!
      Um beijo!!!!

      Excluir
  7. Amiga tudo bem? (Não)..
    Então, meu garoto com 2 anos e pouco entrou na vibe de fazer o cocô e em seguida enfiar a mão dentro da fralda e pegar e amassar o cocô.
    Nem sempre dava tempo de surpreendê-lo, sempre "melecado"....pensava eu com meus botões:
    Oh Deus será que vai ser sempre assim?
    Não, não foi sempre assim. Ele ainda esta no início do desfralde mas quando pensava que nunca teria fim a luta do pegar no cocô, ele simplesmente parou de pegar e de amassar e de se sujar. Ele mesmo parou. Creio que tenha sido uma fase.
    Amiga, essa fase vai passar. Fé em Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Ludmila!
      Obrigada pela visita!
      Graças a Deus! Essa fase passou! Hoje o Garotão está 100% desfraldado, há mais de um ano!
      obrigada!

      Excluir

Obrigada pela visita!
Estarei respondendo aqui mesmo pelo blog, ok?
Que Papai do Céu te abençoe!!!