quinta-feira, 12 de março de 2015

A evolução da expressão artística de uma criança autista

Estender-se-ão os seus galhos, e a sua glória será como a da oliveira, e sua fragrância como a do Líbano. Oséias 14:6

Eu estou admirada em ver o quanto o nosso Garotão ( 5 anos 9 meses) está evoluindo na escola. Não apenas na leitura, escrita e matemática, mas ele passou de uma criança que rejeitava qualquer tipo de instrumento de registro (lápis, caneta, tinta, giz de cera) (Veja aqui) pra um colorido rico e criativo.
Quase sempre choro em pensar que há pouco mais de um ano ele se despertou para o registro (Contei aqui), e agora, podemos ver o quanto ele curte colorir...
O que mais me impressionou foi a evolução rápida. Na sexta, apenas tentativa de cobrir o desenho e em apenas uma cor. Hoje, usando as duas mãos, ao mesmo tempo, ele coloriu a atividade. Diversificou nas cores, respeitou ainda mais os limites... Não ficou lindo?
Como não amar? Como não chorar?

Essa evolução até mesmo chamou a atenção da professora de artes dele, que o acompanha desde o Grupo III (ele está no Grupo V), que está impressionada em ver como ele evoluiu no registro e na arte.

Garotão, mamãe está mega orgulhosa de você!!!