terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Identidade


Esse ano, fomos ao retiro de carnaval de nossa igreja que foi abençoador (como sempre). Mas de todas as palavras que tivemos, a que mais me marcou foi a mensagem sobre a construção da nossa identidade.
A pastora falou sobre como e onde construímos a base de nossa identidade: pais, amigos, professores, patrões... Todas essas pessoas que nos cercam emitem opiniões, julgamentos sobre os quais firmamos o conceito de nós mesmos. E aí, a pastora ressaltou que muitas vezes esquecemos que quem tem a melhor visão de nós mesmos é Deus. Nem mesmo a gente. Nossa visão é deturpada por conceitos que vem de fora.
Então, pensei nos meus filhos, principalmente no Garotão. Sempre penso em que conceitos tenho passado pra ele, se tenho dado rótulos. Que conceitos tenho oferecido para que ele possa construir a sua própria identidade? Será que ele se vê apenas como um Garoto Autista? O Príncipe da Mamãe? Alguém que sempre precisa de ajuda? Ou se vê com base naquilo que os coleguinhas dizem (que podem até ser conceitos preconceituosos de acordo com as suas necessidades específicas?)
Então, refletindo e conversando, começamos um novo projeto com o Garotão: Projeto Identidade. Nossa ideia é sempre falar para o Garotão e deixar registrado em algum lugar que ele tenha fácil acesso, frases, versículos bíblicos que mostrem a visão que Deus tem de cada ser que Ele criou. Versículos que reforcem o amor e a beleza com que cada um de nós fomos criados.
Desde então, temos escrito no caderno do Garotão um versículo que o ajude a construir a sua identidade de acordo com a visão de Deus. Esse foi o primeiro versículo que foi para o caderno dele da escola. A cada dia de atividade da escola, estaremos escrevendo um versículo no caderno.

Nosso desejo é que o Garotão construa sua própria identidade baseado no amor do Criador e  assim, sabendo o valor que tem dentro de si. E convido vocês a me ajudarem. Claro! Enviem versículos que são importantes pra vocês na construção da sua identidade segundo a visão de Deus. Podemos publicar aqui, e claro, quem sabe o seu versículo não vai pro caderno do Garotão?